"Ele lê, vai a igreja, trabalha e é estudioso. Será que por isto é o cara certo? E se você se apaixonar pelo cara errado? Você pode aprender com os erros dele, melhorar seus defeitos e ensiná-lo. Sendo o homem errado ou certo, ele pode aparecer na sua vida na hora errada, na hora em que o mundo vai conspira azar para você. Isso pode fazer com que não dê certo. O homem ideal não tem hora para chegar, você pode estar no corredor do hospital ou no altar. Tudo tem um propósito. Só nunca desista. Como um livro que eu li, o homem certo pode estar no século passado. Mas, se for para vocês ficarem junto, até para o século passado você irá. Desencana! Viva a vida. 
O homem certo ou errado vai aparecer."

Essa é a minha primeira crônica e eu ficaria muito feliz em saber o que vocês acharam. Que tal, leitores? Obrigada e até a próxima

4 Comentários

  1. Adorei .. Muito bem descrito .. E objetivo.. Fiquei coriosa para Ler o livro..

    :)

    ResponderExcluir
  2. Não acredito em pessoas certas ou erradas em relação aos relacionamentos. Acredito em pessoas dispostas a mudar e fazer dar certo.

    Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista de setembro. Serão dois vencedores.

    ResponderExcluir
  3. Oi, Carol!
    Desculpa a demora para responder seu recadinho. Acabei de casar e estava naquela loucura de casa nova, tudo novo e atrasei as respostas. :D
    Espero que leia o meu livro e goste dele.
    Pelo que pude ver do seu gosto literário, acho que vai gostar.

    E que texto lindo esse!
    Adorei!
    Quem nunca gostou do cara errado? De vez em quando ele vira certo.
    Eu costumo dizer que você tem que se apaixonar pela pessoa não pelas qualidades que ela tem, mas pelos defeitos. Ele pode ter milhões de qualidades, mas se tiver um defeitinho que for que é contra tudo o que você acredita, não dá. Procure pessoas que tem defeitos que você goste.
    :)
    Faz sentido? Hehe.

    Beijoooos

    www.casosacasoselivros.com

    ResponderExcluir
  4. Parabéns Carol amei a sua crônica super clara e sucinta, mas fazendo algumas pessoas pararem e pensarem um pouquinho.

    ResponderExcluir

Vai sair sem deixar um recadinho?
Não faz isso não, sua opinião é muito importante.