Tudo bem. Eu acho que agora entendo,algumas coisas não acontecem com a gente,ou pelo menos não quando achamos que deveriam acontecer. As vezes a sorte não vem,o destino não colabora e o capítulo da nossa história não tem mais espaço agora. Talvez só tenhamos que parar de nos culpar por aquilo que não depende só da gente. Nem tudo é planejado,algumas coisas chegam assim de repente, sem avisar. E as vezes elas nunca chegam,ou parecem não chegar nunca. E eu não odeio tudo por isso,não odeio mesmo. Então agora eu decidi parar de me preocupar com o que foge do meu controle. Tudo bem, eu deixo pra lá,deixo o destino tomar as rédeas, me conduzir. No tempo do tempo. Que demore o quanto precisar,mas que venha. 

Eu vou esperar menos. Parar de procurar sinais em tudo. Não tem nada a ver com pessimismo. Descobri que é assim que as coisas acontecem: quando a gente coloca qualquer roupa para ir à aula de terça feira ou quando saímos atrasados de casa esbarrando em todo mundo no meio da rua. É nesse momento que o destino resolve cruzar o nosso caminho e nos coloca em situações que nem a mente mais sonhadora poderia imaginar. Então a gente se surpreende com o rumo que a vida toma. E essa é a melhor parte, o inesperado. Quando se é pego totalmente de surpresa. O acaso chega e parece aleatório,mas não é. Só que o destino não bate na porta,não há acaso que resolva quando estamos fechados para o mundo.

Quando o universo te der essa chance,tire proveito da sorte. Eu sei,nessas horas geralmente o medo toma conta,os pensamentos correm a mil e a ansiedade chega dizendo: ´´Isso nunca vai dar certo.`` Mas vai, não do jeito que a gente espera, nem no dia que a gente espera, mas vai. O problema é esperar demais e se preocupar mais com o destino do que com o caminho até lá. Aí as coisas passam despercebidas e quando vemos já perdemos muito. Perdemos o presente vivendo no futuro que pode nem acontecer. Vivemos esperando que a vida siga o nosso roteiro, mas esquecemos que ela é feita de improvisos e erros de gravação. Ela é ao vivo.

Deixe a mente aberta e veja além do que te mostram. Sonhe, e não se arrependa nem um pouco disso. Ainda tem muitos momentos inesperados para esperar. Um dia você vai perder o ônibus, entrar na rua errada ou ir à algum lugar que não gosta mesmo que pudesse ter saído cinco minutos mais cedo,usado o GPS ou simplesmente ter passado mais uma sexta feira à noite vendo filmes em casa. Aí você vai entender que precisava estar ali naquele exato momento. Porque quando estamos dispostos a nos arriscar um pouquinho o universo tende a se abrir. Sei que algo está se aproximando, mas por enquanto eu vou deixar o destino um pouco no comando porque agora o meu coração está completamente aberto para o que vier.





Deixe um comentário

Vai sair sem deixar um recadinho?
Não faz isso não, sua opinião é muito importante.